29/05/2009

TÃO NU [aqui me tens!]



Limito-me em cada saber que liberta novas de conteúdo dúbio.
Hoje e sempre serão imperecíveis os traços depositados aqui, não fosse o platónico de uma esfera sentada na escarpada da encosta inabitada, destronar o eco do chamamento surdo…tão surdo!




Porém aqui me tens… rebolando de um hemisfério ao outro, na tentativa de apear ao ponto cardinal onde te elevas!

Vejo-te em cada relâmpago como um...
Fado gástrico que entoa numa guitarra com cordas que me lamentam, Enquanto nuvens azuis desertam a minha cor em [Blue] e eu aqui...Tão nu!



fotos (olhares.pt)

9 comentários:

Graça disse...

Hoje e sempre, é uma experiência magnífica ler-te. Por isso, aqui me tens.


Um beijo, Jorge, e bom fim de semana

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

"Não sou como a abelha saqueadora que vai sugar o mel de uma flor, e depois de outra flor. Sou como o negro escaravelho que se
enclausura no seio de uma única rosa e vive nela até que ela feche as pétalas sobre ele; e abafado neste aperto supremo, morre
entre os braços da flor que elegeu."

( Roger Martin)

Passando para desejar um final de semana com muito amor e carinho.
Abraços do amigo Eduardo Poisl

SAM disse...

Amigo, sou sua admiradora. Linda postagem!

"... Enquanto nuvens azuis desertam a minha cor em [Blue] e eu aqui...Tão nu!"


Beijos e linda semana

Fragmentos Betty Martins disse...

._____________querido Jorge



as tuas
palavras.entre.aluz.e
._________o espaço



[...]

.inscrever


perto.da.terra

______________os seus sinais
.mas



logo se esconde
como se tentasse_________guardar para si


.os limites

entre a.rua.e__________.o sonho_________...




________________///












beijO_____ternO
bSemana

isabel mendes ferreira disse...

Tamanha a beleza!



.



tamanha....



.



beijo J.

Paulo - Intemporal disse...

tão nu [...]

sou e serei sempre esta presença aqui

nas palavras tuas com que me dispo curvado ao teu dizer, sentindo ...

.s.a.u.d.a.d.e.s.

tuas ___________________________ .

abraço-TE querido Jorge.

Eu sei que vou te amar disse...

Nu de sentires...perdida em cada palavra onde as letras vestem cada sentimento, colorindo a ausencia de estar longe de ti!
Beijo doce

Carla disse...

essa é a melhor oferta que podemos dar a alguém...
dizer-te também do meu livro...In-finitos sentires que vão ser desenhados em papel. O lançamento é no próximo dia 27 de Junho, às 16 horas na Biblioteca de Valongo (Porto)...aparece se puderes
beijo

(Un)Hapiness disse...

a nudez não é algo percebido por todos...aqueles que nos conseguem ver tão nus, são especiais...

*

Seguidores

Contagem de visitas

Music


MusicPlaylist