23/02/2008

Divagando



Semicerro as luzes que o cílio cobre, são olhos transparentes que ocultos reflectem a ânsia de ter o Universo e o Deserto por perto, conjugados na procura de uma estância madura de gente que sente o Orbe para além da mente.

Ajoelho-me a teus pés e rezo, estendo a minha mão até à ponta dos teus dedos, se me solto deixa-me elevar neste fado de asas inquebráveis, que na melodia dos ventos vou voando, vou planando.

Desço das alturas dos Anjos que nos cumes das montanhas oram, repasto-me das vontades subjacentes à concórdia e à discórdia, se sou louco? Também o foste! Acomoda-te no nosso atalho, assim vizinhos os dois deixamos correr nas veias, cicatrizes que divididas a meias desofuscam a sombra e dão brilho às nossas candeias.

12 comentários:

Betty Branco Martins disse...

____________olá Jorge


_______é um encanto o teu "Divagar"________deslizo






____sem tocar



na__________areia




beijO c/ carinho
bDomingo

Joaquim Amândio Santos disse...

a honra de o publicar será sempre algo que desliza pujante no meu coração!

a sua escrita está a tornar-se excelsa!

Marta disse...

Divagando....
Ao encontro das cores, da alma que elas escondem....Histórias encantadas que todos temos...
Obrigada pela visita...
Até já
Beijos e abraços
Marta

bruxinha disse...

Desde já, agradeço pelo comentário deixado no meu blog:)
Gostei imenso da junção de imagens e palavras aqui usada, que se conjugam em posts encantadores.
Voltarei mais vezes*

rui disse...

Olá Jorge

Gostei do teu divagar!
Soltaste as palavras e foste por aí planando ao leve sabor dos teus pensamentos!

Deixo um abraço

Luis Martino disse...

gostei.
nao sei mesmo que dizer mais...

SAM disse...

Mas que belo!

Grande beijo

Anónimo disse...

adorei o carimbo e o teu descer pelo horizonte dos anjos... voltarei
ana

SAM disse...

Olá, Jorge!

Lindo texto...Adorei!


"Acomoda-te no nosso atalho, assim vizinhos os dois deixamos correr nas veias, cicatrizes que divididas a meias desofuscam a sombra e dão brilho às nossas candeias."



Beijos

Dança de lágrimas ... disse...

Amigo Jorge Cardoso...

Acho excelente a maneira como usas as palavras e as letras, devorei em um trago cada momento, cada sentimento.

Amei, apaixonei-me...

Um beijo em si*

BC disse...

O céu para mim é o limite, voos, gaivotas, planar, isto é um pouco o meu blog.
Passe por lá
Um abraço
BC

Parapeito disse...

e diva(gar) se chega ao coração :)

Seguidores

Contagem de visitas

Music


MusicPlaylist