13/02/2009

"Sétima Arte"

Sétima Arte [SÉRIE INTERMINÁVEL!]


Atravesso as salas que me levam até ti, chego ao nº 13 encoberto pelas sombras, tento disfarçar a minha presença encobrindo o rosto.

Suturado de pontos escondo as feridas nas minhas golas.



Todos sabem o que me traz ali, mas ignoram a minha presença como refúgio dos seus pecados.

[VENHO POR TI!]




Nem me dei ao cuidado de endireitar a gravata, muito menos engraxar os sapatos. No entanto a distância entre os sessenta centímetros do mosaico e a cadeira onde balança o teu corpo é enorme. Quero colocar a mão no teu ombro, as tuas costas não me vêem. Avanço e recuo os dedos como quem tem medo de se queimar num braseiro quente. Sacodes o corpo arrepiado ao sentir a minha presença mas não te viras. Bloquearam as rodas da cadeira e apenas deixas de balançar a tua alma no momento em que esperas o toque da minha mão na tua blusa negra. Estremeces de novo quando finalmente a minha mão finaliza o toque. Sufocas o choro em rolos, que se enrolam na tua garganta, que respira sem ar, enquanto rodopio e enfrento o teu rosto pasmo e amargurado. Dobro os meus joelhos que encostam nos teus saltos alto cor de chumbo. Toco ao de leve nos teus cabelos e deixo o aproximar dos rostos, que as suas bocas esmagam palavras de onde nem um gemido salpica o silêncio. Encovo o meu pescoço e deixas encaixar a tua cabeça entre o meu ombro e os pequenos fios de cabelo que se juntam aos teus.
A teimosia do silêncio fez gemer um suave rio que refresca a minha nuca e resvala pelas minhas costas. São lágrimas que assentam a poeira duma longa seca.
Na eternidade dos minutos as palavras não são bem-vindas, por isso o nosso filme, [DESSE LADO] contínua mudo!





direitos reservados a jorge vieira cardoso [fotos em wwwolhares.pt/]

27 comentários:

Serena Flor disse...

Que belo texto meu amigo!
Um grande beijo e ótimo fim de semana pra você!

Fa menor disse...

Que momento emocionante!

Bjs

Pena disse...

Genial Amigo:
"Vive" de uma sensibilidade gigantesca e notável num texto/poético fantástico. Admirável e que "preenche."
As palavras são decoradas de um fabuloso sentir de talento. Brinca com elas. "Diverte-se "sendo-se". Perfeito. Tudo de encantar.
Quanta beleza e pureza significativa.
Sublime sentimento.
Abraço daqueles fortes de amizade e respeito imenso.
Com cordialidade e admiração

pena

OBRIGADO pela visita. Adorei, amigo!
Voltarei se mo permitir.

angel bar disse...

Hoje toca a minha música de sempre e Queen... A escrita deslumbrante...

Aproveito para deixar convite para um drink, “Poção do Amor” no Angel Bar. “Abraço de Frio”.
Bom Domingo.

Isabel disse...

pois que seja. INTERMINÁVEL. a sua arte. aqui lúcida. aqui cheia de emoção.





Obrigada Jorge.


um beijo.




.piano.

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Ah! Tempo!
Nunca quis voltar em ti.
Apenas espero que me devolvas
os sentimentos que vivi.
Não deixes que meu sorriso
se perca pelo cansaço
e que minha voz
se cale por um fracasso.
Não deixes que meus caminhos
se desviem da meta
nem que os percalços
sejam maiores que minha força
para que eu siga esta reta.

Passei neste lindo espaço para te desejar uma linda semana
Abraços

Anja Rakas disse...

Os dois testes mais duros no caminho espiritual são a paciência para esperar o momento certo e a coragem de não nos decepcionar com o que encontramos.
(Veronika decide morrer)
Paulo Coelho

~pi disse...

sentido s

( múltiplo s de múltiplo s




beijo





~

Carla disse...

uma magnífica composição com fotos muito bem escolhidas para ilustrar o texto
beijos

Pena disse...

Obrigado, pela simpatia, amigo.
Abraço e um excelente Carnaval para descansar.
Já comentei e, é por isso, que lhe desejo tudo de extraordinário num poeta genial e talentoso repleto de brilhantismo no que faz com uma significação imensa.
Cordialmente...agradecido...

pena

Poemas e Cotidiano disse...

Que coisa mais linda eu li! Estou ainda sob o efeito das descricoes, que nos puxam a ler mais e mais...
Quantas lindas frases poeticas, como: "que as suas bocas esmagam palavras de onde nem um gemido salpica o silêncio"
Bocas esmagando palavras...que ocisa linda Jorge! Simplesmente adorei esse texto!
Um beijo carinhoso
MARY

GMV disse...

E eu venho sempre [mesmo que não comente], porque adoro o que escreves!

Beijo meu

Fragmentos.Betty Martins disse...

.______querido Cardoso




PARABÉNS!


________o teu "espaço" está

LINDO!


.a tua arte







.a arte dos sentires


belo_______///












beijO_______ternO

Paulo - Intemporal disse...

E venho ao mais belo porto de abrigo de tanta blogosfera na existência corpórea.

Porque aqui, o belo é queda de água do teu dom e sabedoria.

Porque és um Senhor com todos os "s`s" que existam no verbo.

[e penso no que me sugeres. Trémulo, sem saber ainda o que decidir. Por todas as razões. Quem sou eu, para merecer tanto.]

E voltarei ao contacto, após a clarificação da mente.

Perdoa-me as instâncias da espera.

E deixo-te um abraço intemporal, mais do que nunca.

Sempre,
____ p.

M. disse...

Aplaudo de pé esta série interminável, sete capítulos de um homem infinitamente apaixonado que do silêncio da mudez grita em dialecto que apenas o destino pode entender.

Um beijo

Grata.

Cotovia disse...

"Na eternidade dos minutos as palavras não são bem-vindas, por isso o nosso filme, [DESSE LADO] contínua mudo"

Lindo...

ParadoXos disse...

talvez um dos mais bonitos que li aqui neste teu lugar de encantos!
forte abraço amigo!

Eu sei que vou te amar disse...

Wowww! Neste palco onde das vida as palavras, os sentimentos estremecem procurando por ti em cada verso teu...neste encontro espero que exista um proximo capitulo!
Beijo doce

Humana disse...

Lindo!Existem momentos em que as palavras sobram...
O filme passou diante dos meus olhos e emocionou-me!
Beijos

Carla disse...

que magnífico este filme mudo
beijos e boa semana

Xana disse...

Saltitando vim parar aqui, e fiquei feliz por ter aqui chegado!
bonito texto, vou voltar!!

ลndreia disse...

Esses 60 centímetros fazem a diferença... *

Anja Rakas disse...

Há textos que me deixam...sem virar a expressão que me assola na face.
Apenas fico assim..inerte neste jornal de emoções que são tuas palavras.

Beijos

SAM disse...

Um texto magistral. Li com empolgação, Jorge! Um espetáculo!



Beijos querido amigo

SAM disse...

As fotos! A costrução poética e as fotos! Sublime!!!


+ beijo!

Paulo - Intemporal disse...

Amigo Jorge

Venho deixar-TE um abraço

[e o desejo de um bom fim de semana]

E Leonard Cohen aqui...

Simplesmente sublime.

:)

Desnuda disse...

Relendo....


Um beijo, Jorge!

Seguidores

Contagem de visitas

Music


MusicPlaylist