30/06/2009

PLÁTANO

deixei o som surdo cair porque a alternativa das frases ditas não era mais que silêncios congelados nos teus seios pontiagudos... sereia adormecida nas algas.


foi de plátano o alimento servido em arraial de mar missivo, onde o refugio das madrugadas amnistiaram o crime das noites... que nos mataram de ausência.

11 comentários:

Efigênia Coutinho disse...

deixei o som surdo cair porque a alternativa das frases ditas não era mais que silêncios congelados nos teus seios pontiagudos... sereia adormecida nas algas.

Jorge Vieira Cardoso , ao ler estes versos, me senti num templo poético...

Venha conhecer:

O MELHOR BOLO DE CHOCOLATE DO MUNDO...

Efigênia Coutinho
Escritora

Graça disse...

Gostei tanto... que não sei dizer!


Um beijo meu, querido Jorge, e um bom fim de semana

Chris disse...

Muito criativo a conjugação das palavras com a imagem... gostei de passar por aqui. parabéns
Abraço
Cristina Fernandes

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

“O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.
E os que lêem o que escreve,
Na dor lida sentem bem,
Não as duas que ele teve,
Mas só a que eles não têm.
E assim nas calhas de roda
Gira, a entreter a razão,
Esse comboio de corda
Que se chama coração.”

(Fernando Pessoa)

Desejo um lindo final de semana com muito amor e carinho.
Abraços


VISITE TAMBÉM O MEU NOVO BLOGGER UMA ILHA PARA AMAR

Graça disse...

Querido Jorge,

obrigada pelas palavras belas que me deixaste no meu "palco"... agora, vim lembrar-te que os comentários no meu blogue não estão condicionados a aprovação. Entram logo, portanto aquele que me pediste para não publicar está lá. Vou apagá-lo, espero que não te importes.

Quanto ao teu livro, fiquei imensamente feliz e espero ser convidada para o lançamento.

Um beijo grande.

[este é que podes não publicar :)]

isabel mendes ferreira disse...

alimento-.me tb eu aqui J.

como se de água e de memórias sobre as flores que colhes em cada metáfora.e nos dás. em cálice.




beijo.




grato. sim!

Menina Marota disse...

Sorrio... conheço este local... onde outrora fui feliz...

Um abraço e continuação de boa semana :-)

isabel mendes ferreira disse...

e refugio-me.



aqui- calmamente.



deixo um beijo Jorge.

Deusa Odoyá disse...

Olá meu querido Amigo!
Não sei o que falar, muito lindo seu sentir nessa linda imagem.
Parabéns...
Um verdadeiro e puro poeta.
Beijinhos doces, meu amigo.
Fique na paz.
Regina Coeli

Aguardo sua visita ao meu cantinho.

paulotpires disse...

gráfico

ellen disse...

Obrigada pela sua visita Jorge!
E adorei o seu Blog...bonito e elegante.
Estou de férias, e mais tarde votarei com tempo.

Beijinho para si

Seguidores

Contagem de visitas

Music


MusicPlaylist