05/07/2008

"Amantes"


Nota de abertura, este texto não pretende fugir ao contexto dos anteriores aqui apresentados, nem tem por objectivo explorar o campo da sexualidade. É simplesmente e como tantos outros mais um dos retratos da sociedade em que estamos inseridos. Nesse campo aparece a minha acção escrita, que incluí os mais variados temas, sobre coisas, sobre pessoas e sobre tudo aquilo que eu gosto de interiorizar e “explorar” de mais variadas formas. E naturalmente pessoas amantes, que traem e misturam outras relações também fazem parte desta mesma sociedade e logicamente do quadro aqui apresentado por mim.
Quanto à foto, penso ser apenas a mais adequada, embora reconheça ousada!
Leiam e comentem! Tenho dito!!!

tropecei na tua sombra caída a meus pés
desenhei a mancha de um ser outrora apagado
no hidrato da tua abundância empanturrei de loucura
na congestão da mesma “morri” e de desejos sorri
no acariciar dos teus seios de novo “morri”

levanto a minha voz embebedo-me do teu perfume e… grito!

descolo a goma que colou o nosso cio – e… fujo!
o arrependimento esbarra na insídia e sobrevive a leviandade
no chamamento após, o paraíso teu amaldiçoou o vicio meu!

o recomeço chega todas as tardes, em que derrubo o muro da vergonha para ancorar na tua sombra, onde tropeço de novo e me lambuzo do teu corpo, onde escondo a verdade e sucumbo à minha - GRANDE FRAGILIDADDE
no final esboço nos olhos arrependimento de algo que não controlo…

ficção
direitos reservados a Jorge vieira cardoso

15 comentários:

Ant disse...

É uma das mais puras verdades da nossa sociedade de hoje. "Amantes", com certeza, que é um texto em que conseguiste expressar o que tantas pessoas pensam e sentem. No fim de tudo, o arrependimento fala mais alto, por vezes, acompanhado da vergonha. :'$

Gostei :"]
Beijinho.

Paradoxos disse...

Retrato em forma de palavras, gostei... É a realidade, sim!
Abraços

semrosto disse...

Muito sugestivo, lacónico, perverso, imaginativo, mas absolutamente real!

Parabéns.

NAELA disse...

Simplesmente sublime e profundo! Um retrato fiel dos sentimentos actuais..."amantes" para uns um jogo e para outros a vontade de entrega total fruto da complexidade das nossas mentes!
Um beijo terno

mundo azul disse...

...são lindos os versos!
Encontros que deixam um perfume de culpa...Serão bons?
Beijos de luz e um domingo feliz!!!

Vieira Calado disse...

Obrigado pelo seu comentário no meu blog. Acontece que esse meu poema foi escrito há 50 anos!
Também gostei do seu poema.
Um abraço

Carlos disse...

olá Jorge,

Sabes que este tema fascina-me?
É engraçado, alguns dos nossos escritos, embora,diferentes , quase que se complementam ou simplesmente se tocam ao de leve, nos assuntos neles escritos ou "ensaiados".

Foi de bom gosto esta tua "nota de abertura"...
agora para mim , amigo , acho que se as coisas não são explícitas, só mentes perturbadas vêem fantasmas onde eles não existem.
Também,claro ,que cada olhar, retem na retina seja fisica ou artística , as imagens que daí conseguem obter, bom , mas.....

A foto é de uma beleza..., grandiosa.
Este tema é sempre actual, pois como sabemos ,desde os primórdios, este tipo de relações existem....e ás vezes necessários....

Dizes tu , e eu gostei bastante,
"sucumbo à minha - GRANDE FRAGILIDADDE "
e se me permites eu gostava também de dizer
" A nossa insustentável leveza do ser "

O amor é algo sublime... o toque e todos os jogos de sedução , são indispensáveis para uma "morte" nos seios da amada, e da bebedeira do perfume intenso dos gritos de prazer...
Daí, e não querendo ocupar o teu espaço, dizer, assim:

mergulho constantemente , e me embebedo nos aromas e nas loucuras dos jogos de sedução e nas carícias de um olhar e nos recortes dos teus lábios...me enlouqueço...


das nossas companheiras , namoradas , esposas.... as "nossas amantes "

Jorge , gostei muito,
Tens uma percepção apuradíssima,
Uma boa semana,

Abraço

Anja Rakas disse...

Não podemos ter o controle de tudo na vida, quisera eu ter poder ter o poder de empanturrar-me na minha loucura, embebedar-me com teu perfume e esquecer-me de mim para verdadeiramente me reencontrar.

Gostei...palavras livres e suaves.
Bjs angelicais

lalisca.cs-life disse...

A vida é assim não vale a pena fugir vivemos no entanto numa tal culpa que não fundamento...
Real o que escreveste, reais as palavras usadas, é isto...está tudo aí!

beijo

Menina do Rio disse...

Real e ordinariamente sedutor!!

Um beijo pra

Momentos disse...

De certa forma...
A palavra Amantes...
Causa... para alguns...
Um certo constrangimento.
Mas vai depender...
Da forma que você pensa...
Podemos desejar "nossos"...
Amores com intensidade...
Viver loucamente esse amor...
Sem estar pecando ou traindo...
Alguém!!!
A maldade não está no querer...
Sim na cabeça das pessoas.
O texto é lindo!
Gostoso de ler...sentir...
E viver!
Parabéns por expressar--se...
Divinamente!
Obrigada pela visita.
Volte sempre!

Carinhos!
Angel.

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Jorge. Vim agradecer pela visita que fez ao meu blog e pelas belas palavras que deixou no comentário.

Belo texto. Ousado, quente, um tom de arrependido.

Ótima quarta.

Beijos mil! :-)

Anja Rakas disse...

Jorge...vou-te contar um segredinho....as dores...são cólicas infernais...
Acho que o texto...está...simples...mas não claro :)

E andei sim a bisbilhotar...e acredita q o farei com mais frequência.
Bjs angelicais
P.S. apaga este comentário pfv

Xinha disse...

Subtilmente intenso...
Suavemente sugestivo!

Gostei.

Xi-coração

Paulo Sempre disse...

Amar e ser amado, que ventura...

Abraço

Paulo

Seguidores

Contagem de visitas

Music


MusicPlaylist