09/08/2009

SEM IMAGENS

Algures por aí…

no teu corpo…procuro o tempo que ultrapassou as vontades, descolando os pés em que o chão afundou espasmos santos…

desliza em mim o desligar do antes em que o depois seja porém, no semblante carregado da noite… sem…

abismo dos sentidos perturbados da ânsia…diagnóstico da razão abstracta.


e o medo…e o medo…esse animal que devota silêncios…

nos cantos atalaia a fuga, num observar de prurido…desnuda

por favor…fica em mim solta e muda!


sobram sempre pedaços de alma , rabiscos de tinta sem fundo

em retalhos que rotundam o eu e o tu…deslocam-se em quedas -Niágara…

Iguaçu…o eu e o tu desprotegidos de roupas e a nu.


de permeio bamboleamo-nos nas pontes, por onde a razão se esquece de passar

no óculo da montanha crua, por onde o túnel se afunda…oiço a sirena… vejo o mar…

tilinta a moeda na queda da ranhura, solitária na essência …dulcificas o mutismo, és a mão que desenlaça a dúvida…no deslizar de dois corpos em cura.


cada momento trespassa o achado, siderado em pesquisa anelada

o que vi…

o que vejo…

o que ouvi…

o que oiço…

respondo nas sílabas contíguas


plantei os meus lábios em teus seios…em correria de aborígene descalço no mato…sagacidade de quem acha o achado num rosto…eterno o beijo sem oposto.


a vós chego…no aconchego…em deleite estrelas vigiam o fim sem fim nunca acabado de dois corpos em êxtase… extasiado!


Sereis na procura avassalas as minhas tempestades, porque sois…sem lérias as minhas… F.É.R.I.A.S!

14 comentários:

isabel mendes ferreira disse...

algures Jorge....a imagem é a tua. de um "caminhante" sobre montanhas e vales que pesquisa a razão dentro da margem dos destinos!


belo o texto.



o meu abraço.


e


boas férias....por aí.

Graça disse...

Só tu dirias as férias de uma forma tão imagética.

Que algures por aí, encontres a mão que desenlaça a dúvida.

E, nesta certeza de te admirar, deixo-te um beijo meu para as tuas férias.

Graça Pereira disse...

Fiquei na dúvida, confusa, depois de um texto belissimo de amor exaltado, de paixão vivida, tresloucado pelos sentidos.... tudo isto são lérias, porque chegaram as férias!
A não ser que seja uma antevisão do que vai acontecer nas "benditas férias", sendo assim: férias felizes! Um bj graça

Tatiana disse...

Comecei lendo e imaginando uma coisa... a leitura foi fluindo... e ganhando vida... e no final... o sorriso!

Adorei!

Aproveite bastante as suas férias!

Um abraço carinhoso

mundo azul disse...

___________________________________


Muito bom! Um mergulho nas palavras trazendo sentimentos e emoções, fortes e sentidos...


Beijos de luz e o meu carinho!!!


________________________________

EDUARDO POISL disse...

De tudo ficaram três coisas...
A certeza de que estamos começando...
A certeza de que é preciso continuar...
A certeza de que podemos ser interrompidos
antes de terminar...
Façamos da interrupção um caminho novo...
Da queda, um passo de dança...
Do medo, uma escada...
Do sonho, uma ponte...
Da procura, um encontro!

Fernando Sabino

Hoje passei pra deixar um poema para refletir e desejar uma semana linda com muito amor e carinho.
Abraços.

heretico disse...

grato pela visita.

vejo por aqui pessoas que muito admiro. garantia de qualidade deste blog. seguramente...

seguirei com gosto o que escreves.

abraço

paulotpires disse...

boas férias! afirmação!

SAM disse...

Huauuuuuuu! Absurdamente lindo! Versos apaixonantes.


Beijos, amigo! Parabéns por este texto poetico brilhante.

Pedrasnuas disse...

DESCULPA,NÃO CONSIGO DEIXAR MENSAGEM NO ÚLTIMO POST(POBREZA) DO OUTRO BLOGUE?

BEIJINHO

heretico disse...

abraço...

Pena disse...

Admirável Amigo:
Consegue num poema soberbo ter uma "posse" gigante das palavras que fluem fabulosamente no seu sentir extraordinário.
Perfeito.
Brilhante.

Abraço amigo de respeito imenso.
Sempre a lê-lo atentamente e com interesse...

pena

Bem-Haja, sensível Amigo Enorme.

Pena disse...

Oh, Sublime Poeta Amigo:
"...Algures por aí…
no teu corpo…procuro o tempo que ultrapassou as vontades, descolando os pés em que o chão afundou espasmos santos…
desliza em mim o desligar do antes em que o depois seja porém, no semblante carregado da noite… sem…
abismo dos sentidos perturbados da ânsia…diagnóstico da razão abstracta...."


Um belo e extraordinário momento de poesia.
Fantástico. O seu brilhantismo poético "explode" de um intenso sentir perfeito.
Excelente. Adorei.

Abraço amigo.
Com respeito e estima imensas.

pena

É uma honra gigantesca lê-lo.
Bem-Haja!

Parapeito disse...

:)) que as férias te encham o coração de lérias...daquelas que adoçam o sorriso :)
Dias cheios de azul**

Seguidores

Contagem de visitas

Music


MusicPlaylist